ônibus depredado, farmácia saqueada e pedestre baleado

Na noite de sexta-feira (18), um policial civil baleou um homem suspeito de assaltar um motorista no semáforo na região da Cracolândia, no centro de São Paulo. Um pedestre que estava na área também foi baleado na perna.

O policial civil passava pela região quando viu três pessoas abordarem o motorista de um veículo parado no semáforo. O policial deu ordem de prisão ao grupo, mas um dos suspeitos teria feito “menção de atirar”. O agente então disparou contra o suspeito, que foi baleado.

Os outros dois suspeitos fugiram, e frequentadores da Cracolândia iniciaram um tumulto. Eles quebraram o vidro de um ônibus da SPTrans com passageiros e saquearam uma farmácia. Policiais militares atuaram para conter a confusão e fizeram buscas pelos assaltantes nas ruas do bairro.

Um dos suspeitos foi encontrado baleado na Av. Rio Branco, na República. Outro homem, também apontado como assaltante, foi preso no mesmo endereço. O terceiro envolvido no crime conseguiu fugir.

O suspeito ferido foi levado para o pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia, assim como o pedestre atingido na perna.

Segundo a SPTrans, o veículo da companhia foi abordado por volta das 19h30 na altura do cruzamento da Av. Rio Branco com a Av. Duque de Caxias, no bairro de Campos Elíseos. Passageiros que estavam dentro do ônibus no momento da ocorrência relataram que vidros do coletivo foram estourados, e o motorista chegou a sangrar. A SPTrans não comentou sobre possíveis ferimentos do trabalhador ou seu estado de saúde.

Por volta das 22h, os usuários de drogas também quebraram a vidraça de uma farmácia e saquearam produtos. Funcionários que estavam trancados com clientes no interior da loja utilizaram extintores de incêndio para dispersar os criminosos.

Fonte/Reprodução: Gazeta Brasil