Carolina Dieckmann deixa a Globo e especulações sobre sua rescisão agitam as redes sociais

Na segunda-feira passada, dia 1º, Carolina Dieckmann, renomada atriz com 32 anos de história na Globo, pegou seus seguidores de surpresa ao anunciar sua saída da emissora. Após décadas de colaboração, Dieckmann optou por explorar novos horizontes e não renovou seu contrato com a gigante da televisão. No entanto, o que realmente chamou a atenção foi o valor especulado da rescisão da estrela.

Após compartilhar uma foto de seu contrato assinado em 1992, os fãs não tardaram em imaginar o montante que ela poderia receber. As redes sociais rapidamente se encheram de discussões e conjecturas sobre o assunto.

Comentários como “Rescisão de milhões”, “Deve ser uma sensação incrível”, “27 anos de rescisão para alguém que ganha valores tão altos como esses atores globais, realmente deve ser uma grande conquista… ela acabou de ganhar na mega-sena”, e “Eu viveria o resto da vida tranquilo”, foram alguns dos que surgiram entre os internautas.

Em uma postagem recente no Instagram, Dieckmann fez questão de expressar sua gratidão à emissora e o impacto que teve em sua vida: “Não foi apenas onde comecei na Globo. Foi a Globo que me iniciou. Eu não era uma atriz, me tornei uma ali dentro, na atmosfera rica em talento, com os melhores mentores que alguém poderia desejar. Fui nutrida com oportunidades e experiências incríveis em uma empresa que foi solo e nutriente para tantos projetos maravilhosos que realizamos juntos, e que estão gravados em nossas histórias”, afirmou ela.

A trajetória de Carolina Dieckmann na Globo começou em 1993, com a novela ‘Sex Appeal’, e desde então, sua presença na telinha foi marcante. Participou de inúmeras produções, incluindo ‘Laços de Família’ (2000), ‘Mulheres Apaixonadas’ (2003), ‘Senhora do Destino’ (2004), ‘Cobras e Lagartos’ (2006), ‘Fina Estampa’ (2011), entre outras.

Dieckmann também se destacou em papéis dramáticos, como a emblemática Camila, que enfrentou a leucemia em ‘Laços de Família’, e a corajosa Jéssica, vítima do tráfico humano em ‘Salve Jorge’ (2012). Além disso, mostrou seu talento para comédia interpretando personagens como a vilã Leona, em ‘Cobras e Lagartos’, e a trapalhona Teodora, em ‘Fina Estampa’.